Todas as vezes que passávamos por um terreno, Fernanda dizia: "Aqui dava um hospital". Alguns meses depois Leo Coutinho nos ofereceu um terreno que ele estava precisando vender. Marcamos e formos ver onde era. Quando nos encontramos, ele nos levou ao terreno que Fernanda vivia falando: "aqui dava um hospital". Quando ela olhou para mim eu já havia entendido. Formos ao shopping sentamos em um restaurante e firmamos um contrato de compra e venda rápida e precisa.

Isso foi em maio de 2009. Após o pagamento ficamos lisos. Em janeiro de 2010 iniciamos a compra de tijolos, pedras, ferro e cimento e, de forma muito corajosa iniciamos a pedra fundamental e filosofal do hospital.

Em setembro de 2010 tivemos a visita do nobre amigo e compadre Dr. Ulisses Graça e da Dra. Cândida Graça, que nos fizeram uma consultoria gratuita já que eles são proprietário da CLINILAB em Salvador. Época difícil, brigas com engenheiro, mestre de obras, pedreiros, mas tudo corria a contento, e o CITEQUIN ia subindo.

Chegou a época que precisava madeiramento e telha para conclusão da segunda fase da obra. Não podia ter amianto e a madeira tinha de ser maçaranduba. Tudo feito. Passamos muitos fins de semana, indo ver as obras quando não estavam os pedreiros, mestre, ninguém. Eu, Fernanda e Suzy.

Iniciamos o acabamento, a pintura e tudo o que faltava : elétrico, esgoto, e detalhes de cores e pisos etc. Isso era março de 2011. Paramos uns dias para tomar folego, pois, o dinheiro estava escasso e decidimos inaugurar do jeito que estava. Inauguramos em 07 de outubro de 2011 com um curso do compadre Steve de Doma Racional.

Meses depois conseguimos ampliar o numero de baias, alojamentos para estudante, cozinha, armazém de forragem e quarto de ração.

Fizemos aniversário de um ano em outubro de 2012, com o evento que contou com a presença de Dr. Armen Thomasian e Vilma já que a sala de cirurgia é em sua homenagem.

E agora já estamos caminhando para o 2ª aniversário e contamos com sua visita.